Eu A face imutável da Lua
A FACE IMUTÁVEL DA LUA

Sabemos que a Lua nos mostra permanentemente a mesma face. A explicação predominante na Internet é que isso se deve ao fato de que o seu movimento de revolução (em torno da Terra) tem velocidade igual à do seu movimento de rotação (em torno do próprio eixo). Essa explicação toma o efeito pela causa, equivocadamente.

Eu penso que mais didático seria explicar que, tendo em vista o seu formato assimétrico, a Lua tem o seu lado mais pesado "ancorado" ao centro da Terra – por força da gravitação – o que a faz exibir sempre a mesma face para nós terráqueos, à semelhança do que acontece com uma "pedra de moinho" ancorada ao centro da mesa:

De fato, a observação visual da Lua, em qualquer tempo, mostra-nos sempre sua mesma face, todavia em posições diferentes. Aliás, se a olharmos em espaços aproximados de duas semanas, veremos que ela gira em ângulos de 180°, indicando-nos não só que o satélite está "ancorado" ao centro da Terra, como também que a sua rotação em torno do eixo longitudinal – no sentido horário – se completa a cada quatro semanas, ou melhor, a cada ciclo lunar (29d12h44m2,78s):

As "manchas" da face visível da Lua lembram, curiosamente, o Mapa do Brasil.

Home
© 29/06/2018 Atualizada em 09/07/2018