O TAMANHO DO CORONAVÍRUS

O coronavírus tem 100 milionésimos de milímetro de diâmetro. Um fio de cabelo humano tem 70 milésimos de milímetro de espessura. Vale dizer que são necessários 2.200 vírus para "abraçar" um fio de cabelo.

Gotículas expelidas pelas pessoas (na expiração, na fala, no sopro, na tosse ou no espirro) também são medidas em milésimos de milímetro, a exemplo dos fios de cabelo. As menores gotículas são maiores do que 5 milésimos de milímetro. Vale dizer que são necessários mais de 160 vírus para "abraçar" uma gotícula e que uma gotícula equivale, em volume, a mais de 120.000 vírus.

A Internet instala a confusão, ao querer explicar a eficácia das máscaras de proteção contra o coronavírus. Os pareceres "técnicos" freqüentemente põem-se a considerar o tamanho do vírus. Ora, o objetivo das máscaras não é reter o vírus, mas as gotículas que o transportam! Ou seja, reter na origem as gotículas expelidas pelo usuário, que pode estar contaminado! Nenhuma máscara, através da qual se possa respirar, impede a contaminação, se o vírus chegar ao seu rosto. Como vimos, o vírus é 120.000 vezes menor do que a menor gotícula.

Home
© 21/06/2020 Atualizada em 05/07/2020